SAMA

SAMA || Sistema De Apoio À Modernização E Capacitação Da Administração Pública

Programa Operacional: Programa Operacional Temático Competitividade e Internacionalização (POCI – COMPETE 2020).

Fundo: FEDER

Eixo Prioritário: Apoiar o reforço da capacidade institucional das autoridades públicas e da eficiência da Administração Pública, a fim de realizar reformas, legislar melhor e governar bem (objetivo temático 11 - prioridade de investimento 11.1), nos termos previstos no artigo 81.º do RECI.

Objetivo(s) Temático(s): a) Reduzir os custos de contexto através do reforço da disponibilidade e fomento da utilização de serviços em rede da Administração Pública e melhorar a sua eficiência; b) Qualificar a prestação do serviço público, quer através da capacitação dos serviços, quer através da formação dos trabalhadores em funções públicas.

Prioridade de Investimento: A Modernização do Estado constitui-se como um dos Pilares do Programa Nacional de Reformas (PNR), que assume a prioridade estratégica de acelerar reformas relevantes de Modernização do Estado, ultrapassando fragilidades no ambiente empresarial, barreiras regulamentares, custos de contexto e complexidades nos procedimentos legislativo e administrativo.

Tipologia de Operação: SATDAP - Capacitação da Administração Pública

Título da Operação: REDE DE GESTÃO DO ATENDIMENTO E DE CONTEÚDOS: QUIOSQUES MULTICANAL

Concurso (Aviso): POCI-62-2017-07

N.º de Candidatura: POCI-05-5762-FSE-000122

Montante Aprovado: 1.229.807,41 €

Montante Executado: --

Estado: Em execução

Descrição da Operação: No âmbito da modernização da AP, este projeto visa a instalação estratégica de quiosques multicanal que permitem uma atuação simultânea em duas áreas importantes dos cuidados de saúde primários: a gestão do atendimento e a trajetória do cidadão|utente no SNS, integrando o percurso administrativo e clínico e a transmissão síncrona de conteúdos de saúde pensados e geridos centralmente pela Secretaria-Geral do Ministério da Saúde.

 

SAMA || Sistema De Apoio À Modernização E Capacitação Da Administração Pública

Programa Operacional: Programa Operacional Temático Competitividade e Internacionalização (POCI – COMPETE 2020).

Fundo: FEDER

Eixo Prioritário: Apoiar o reforço da capacidade institucional das autoridades públicas e da eficiência da Administração Pública, a fim de realizar reformas, legislar melhor e governar bem (objetivo temático 11 - prioridade de investimento 11.1), nos termos previstos no artigo 81.º do RECI.

Objetivo(s) Temático(s): a) Reduzir os custos de contexto através do reforço da disponibilidade e fomento da utilização de serviços em rede da Administração Pública e melhorar a sua eficiência; b) Qualificar a prestação do serviço público, quer através da capacitação dos serviços, quer através da formação dos trabalhadores em funções públicas.

Prioridade de Investimento: A Modernização do Estado constitui-se como um dos Pilares do Programa Nacional de Reformas (PNR), que assume a prioridade estratégica de acelerar reformas relevantes de Modernização do Estado, ultrapassando fragilidades no ambiente empresarial, barreiras regulamentares, custos de contexto e complexidades nos procedimentos legislativo e administrativo.

Tipologia de Operação: SATDAP - Capacitação da Administração Pública

Título da Operação: GESTÃO DOCUMENTAL PARTILHADA: MAIS UM PASSO PARA O FUTURO DO SNS

Concurso (Aviso): POCI-62-2017-07

N.º de Candidatura: POCI-05-5762-FSE-000113

Montante Aprovado: 735 797, 62

Montante Executado: --

Estado: Em execução

Descrição da Operação: Este projeto visa contribuir para a melhoria dos processos, definição de circuitos e fluxos de informação, ligando a sede aos 15 agrupamentos de centros de saúde que integram toda a região da ARSLVT, bem como a ARSLVT à SGMS. Desta forma, a tramitação interna da documentação passará do atual suporte em papel para uma forma digitalizada, aumentando-se a rastreabilidade de todos os circuitos. A tramitação externa será também digital e melhorará a capacidade e qualidade de resposta permitindo centralizar a gestão das respostas e contatos com o cidadão – na gestão das reclamações, por exemplo.

Mas, mais do que apenas ligar as unidades prestadoras de cuidados de saúde primários à sede, este projeto visa ainda criar uma nova dinâmica entre as instituições do sector da saúde garantindo que a informação administrativa tramita entre a Administração Regional e Central, enriquecendo um modelo que passa a ser compreendido da mesma forma por todos que o utilizam, permitindo também obter ganhos económicos, contribuindo para a redução de custos.