Novas Unidades Saúde 2016

USF Santa Cruz, ACES Oeste Sul  

Intervenção: Nova Construção

Data de inauguração: 08/01/2016

Capacidade: 10.000 utentes

Área bruta de construção: 432 m2

Inauguração da USF de Santa Cruz

08 janeiro 2016

Foi hoje, dia 08 de janeiroinaugurada a Unidade de Saúde Familiar (USF) de Santa Cruz, pertencente ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Oeste Sul. Esta Unidade de Saúde irá servir cerca de 10.000 utentes. O ACES Oeste Sul passará a ter em funcionamento 7 USF e 6 Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP).

A inauguração desta nova Unidade de Saúde contou com a presença do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, do Secretário de Estado Adjunto da Saúde, Fernando Araújo e do Presidente do Conselho de Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Luís Cunha Ribeiro.

Gabinete de Comunicação ARSLVT



USF D. Francisco de Almeida, ACES Médio Tejo

Intervenção: Nova Construção

Data de inauguração: 03/06/2016

Capacidade: 14.141 utentes

Área bruta de construção: 3.212 m2

Promotor/Dono de obra: Câmara Municipal de Abrantes

Financiamento: Valor total do investimento 1.111.853,50€

Inauguração da USF D. Francisco de Almeida

03 junho 2016

O Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, inaugurou, hoje, dia 03 de junho, às 12h30, a USF D. Francisco de Almeida, cerimónia que contou com a presença da Presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Rosa Valente de Matos, a Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque e a Diretora Executiva do Agrupamento de Centros de Saúde Médio Tejo, Sofia Theriaga.

Unidade de Saúde Familiar (USF) D. Francisco de Almeida irá servir um total de 10.141 utentes inscritos. Nesta unidade irão trabalhar 6 médicos6 enfermeiros e 5 administrativos no secretariado clínico, num horário de funcionamento de segunda a sexta, das 8h00 às 20h00.

A Unidade de Saúde vai funcionar num edifício novo no centro da cidade de Abrantes, uma infraestrutura construída com fundos comunitários, obra do Município de Abrantes e equipamento adquirido pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.

Com um total de 227.000 utentes inscritos frequentadores, o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Médio Tejo tem por missão garantir a prestação de cuidados de saúde à população de 11 Concelhos: Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Tomar, Torres Novas, Sardoal e Vila Nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706 Km².

O ACES Médio Tejo passará a ter em funcionamento 8 Unidades de Saúde Familiar (USF), 10 Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP), 7 Unidades de Cuidados na Comunidade (UCC), 1 Unidade de Saúde Pública (USP) e 1 Unidade de Recursos Assistenciais Partilhados (URAP).

O ACES Médio Tejo desenvolve atividades de vigilância epidemiológica, investigação em saúde, controlo e avaliação dos resultados e participa na formação de diversos grupos profissionais nas suas diferentes fases, pré-graduada, pós-graduada e contínua.

A ARSLVT, com um total de 3,6 milhões de utentes, distribuídos por 15 ACES, dá assim continuidade ao compromisso de aumentar a cobertura de médicos de família aos seus utentes e melhorar a resposta assistencial na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Adalberto Campos FernandesMinistro da Saúde, disse “tenho a certeza de que esta USF vai contribuir para um novo modelo de prestação de cuidados de saúde na região, com uma maior aposta na proximidade dos cidadãos“. Adalberto Campos Fernandes disse ainda que “a presidente da ARSLVT, Rosa Valente de Matos e o seu vice-presidente, Luís Pisco têm feito um trabalho de grande significado, tendo sido capazes de fazer uma coligação virtuosa com as autarquias, no sentido de aproximar os cuidados de saúde primários a quem deles efetivamente necessita“.

Sofia TheriagaDiretora Executiva do ACES Médio Tejo afirmou que “é com grande orgulho, que saúdo e apoio os profissionais que se uniram para concretizar esta nova USF D. Francisco de Almeida, é um projeto que teve início à cerca de um ano e que tem hoje a sua concretização oficila. É mais um passo deste ACES no caminho da implementação da Reforma dos Cuidados de Saúde Primários“.

Gabinete de Comunicação ARSLVT



Voltar
RSE - Area Cidadão