Banner do evento
Boas festas 2023
Saúde Pública
SAÚDE PÚBLICA

Conheça a autoridade de saúde de Lisboa e Vale do Tejo

Recrutamento
recrutamento

Descubra os Procedimentos Concursais a decorrer e venha trabalhar connosco

CS Fora de Horas
Atendimento Complementar na Doença Aguda

Centros de Saúde Fora de Horas

Banner sites_SNS_44 ANOS_Portal SNS
banner-standard_1140-x-360_gripe 2023_6
Postal 2023_a

ARSLVT parceira em estudo de caracterização de águas residuais hospitalares

Iniciativa vai permitir o estabelecimento de sistemas de vigilância ambiental e epidemiológica. Resultados serão apresentados em 2024. 

A Águas do Tejo Atlântico (AdTA), em parceria com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), Câmara Municipal de Lisboa, EPAL, Instituto Superior Técnico, Direção-Geral de Saúde, Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, assinou um protocolo para a caracterização das águas residuais hospitalares afluentes às ETAR/Fábricas de Água no Município de Lisboa.

Luís Pisco, Presidente da ARSLVT, assinou o protocolo, sendo que no grupo de trabalho que vai desenvolver este estudo a ARSLVT vai estar representada por Vera Noronha, engenheira ambiental do Departamento de Saúde Pública de Lisboa e Vale do Tejo.

 

   Veja aqui o vídeo AdTA da cerimónia.


Na cerimónia foram ainda formalizados acordos de cooperação com as unidades hospitalares públicas e privadas que vão permitir a realização do estudo.

O lançamento do projeto de caracterização das águas residuais hospitalares constituiu a Ação N.º3 do Plano de Ação para a Gestão das Águas Residuais Industriais na Região da Grande Lisboa e Oeste, o Plano AgIR, apoiado pelo Fundo Ambiental em 4,4 milhões de euros.

O estudo, cujos resultados serão apresentados em 2024, pretende fazer a caracterização dos efluentes hospitalares que afluem às ETAR/Fábricas de Água que irá permitir o estabelecimento de sistemas de vigilância ambiental e epidemiológica, contribuindo para a melhoria da Saúde Pública através do estabelecimento de sistemas de vigilância epidemiológica e tem como mais-valia a otimização do processo de tratamento das águas residuais nas ETAR das unidades hospitalares.

 

Fotos: AdTA

Panorama da cerimónia de assinatura do protocolo
Voltar
RSE - Area Cidadão