CRIM Comissões Regionais do Internato Médico

As CRIM são Comissões Regionais do Internato Médico exercem as suas competências no âmbito de cada uma das ARS. Em Portugal existem as seguintes CRIM: CRIMNorte, CRIMCentro, CRIMARSLVT (Lisboa), CRIMAlentejo, CRIMAlgarve, CRIMRAM (Madeira) e CRIMRAA (Açores)

Composição

Artigo 8.º da Portaria n.º 79/2018

A Comissão Regional do Internato Medico tem como composição:

  • Diretores de internato médico de organismos da sua zona de influência, com intervenção em áreas hospitalares;  
  • Coordenadores de internato médico das especialidades de Medicina Geral e Familiar, Saúde Pública e Medicina Legal da sua zona de influência; 
  • Dois elementos indicados pela Ordem dos Médicos, um especialista e outro médico interno; Um médico especialista representante da ARS, I. P., da respetiva área geográfica de influência, indicado pelo correspondente órgão máximo de gestão. 

Competências

Artigo 10.º da Portaria n.º 79/2018

As CRIM exercem funções de natureza predominantemente técnica e gestionária, na sua área geográfica de intervenção, competindo-lhe nomeadamente:  

  • Solicitar às direções e coordenações do internato médico, anualmente, o preenchimento dos questionários de caracterização de idoneidade e capacidade formativas dos serviços e unidades;  
  • Acompanhar o processo referido na alínea anterior, prestando os esclarecimentos necessários;  
  • Submeter à Ordem dos Médicos os pedidos de idoneidade e capacidade formativas dos organismos da respetiva área de influência;  
  • Emitir parecer sobre os pedidos de reafectação que ocorram entre instituições, serviços ou unidades de saúde da mesma região, para posterior envio ao Conselho Diretivo da respetiva ARS, I. P., para decisão;  
  • Remeter à ACSS, I. P., devidamente informado, o pedido de reafectação de organismo de formação, quando envolvida ARS, I. P., distinta, nos termos do presente Regulamento, e ao CNIM os casos de reafectação por perda de idoneidade formativa do serviço, unidade ou instituição de saúde, os quais assumem prioridade;  
  • Emitir parecer sobre os pedidos de suspensão de internato, remetendo-os ao Conselho Diretivo da ARS, I. P., respetiva, para decisão; 
  • Autorizar os pedidos de realização de estágio no estrangeiro quando superiores a 30 dias e de equivalências a estágios;  
  • Autorizar a repetição ou compensação de estágios sem aproveitamento, nos termos e nos limites do previsto no presente Regulamento;  
  • Proceder à colocação dos médicos internos em estágios de carácter suplementar, previstos nos programas do internato médico;  
  • Prestar apoio às direções e coordenações de internato médico das instituições e das unidades de saúde da sua zona;  
  • Autorizar, nos termos previstos no presente Regulamento, a comparência dos internos noutra época de avaliação final, desde que justificada a falta de comparência na respetiva época;  
  • Remeter à ACSS, I. P., com parecer das direções e coordenações do internato médico, propostas de desvinculação dos médicos internos, devidamente fundamentadas e acompanhadas dos documentos comprovativos;  
  • Prestar apoio aos júris de avaliação final;  
  • Reportar, em tempo útil, à ACSS, I. P., ARS, I. P., ou R.A. ocorrências relacionadas com o respetivo âmbito de intervenção;  
  • Emitir parecer sobre os assuntos que lhe sejam submetidos nos termos do presente Regulamento;  
  • Apresentar ao CNIM propostas conducentes a uma maior eficiência do internato;  
  • Contribuir para a manutenção do sistema de gestão do percurso do médico interno;  
  • Submeter ao CNIM os assuntos que não se enquadrem, com clareza ou precisão, nos normativos que regem o internato médico. 

Comissão Executiva

A CRIM é garantida por uma comissão executiva, constituída, no máximo, por 12 elementos, nos termos a definir na primeira reunião do plenário, tendo em conta a dimensão e especificidade da sua área de influência e que assegure a representatividade das entidades referidas no número anterior.  

A constituição e alteração das CRIM é homologada por deliberação Conselho Diretivo da respetiva ARS, I. P., ou pela R.A., e comunicada à ACSS, I. P.  

Após a homologação, a composição das CRIM é publicitada pela ARS, I. P., e pela ACSS, I. P., nas respetivas páginas eletrónicas.  

A renovação da constituição nominal da CRIM deve ocorrer a cada três anos.  

A CRIM é presidida por um dos seus membros, eleito pelos e de entre eles e nomeado pelo Conselho Diretivo da respetiva ARS, I. P., ou pela R.A.  

O cargo de Presidente é renovável por uma vez apenas, de igual duração 

Composição 

TRIÉNIO 2019/2022

Presidente – Dr. João Falcão Estrada, Centro Hospitalar  Lisboa Central 

Dr. António Martins Batista (HBA); 

Prof. Doutor Pedro Escada (CHLO) 

Dra. Cecilia Shinn (CIMMGF) 

Dra. Fátima Campante (CHBM) 

Dra. Helena Cargaleiro (ARSLVT) 

Dr. João Paulo Farias (HCD) 

Dr. João Leiria (CHMT) 

Prof. Doutor José António Lopes (CHULN) 

Dr. Nuno Galbino – Representante da Ordem dos Médicos 

Dr. Rui Durval (CHPL) 

Dr. Hugo Esteves (CIMSP) 

Constituição das Direções/Coordenações de Internato Médico

Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão

Diretora Dra. Maria da Paz Carvalho

Centro Hospitalar Barreiro Montijo

Diretora Dra. Maria de Fátima Campante
Assessora Dra. Cláudia Galrão

Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central

Diretor
Dr. João Falcão Estrada
Assessor(es)
Dra. Susana Cadilha
Dra. Ana Fatela
Dr. Eusebio Porto
Dr. Anaxore Casimiro
Dra. Rita Ribeiro
Dr. Antonio Fiarresga
Dr. João Oliveira

Centro Hospitalar Lisboa Ocidental

Diretor
Dr. Pedro Escada
Assessores
Dr. Cândido Pimenta da Silva
Dr. Francisco Silva
Dra. Sância Ramos

Centro Hospitalar de Setúbal

Diretora
Dra. Susana Neves Marques
Assessores
Dr. Virgilio Severino (HOSG)
Dr. Filipe Seixo (HSB)

Centro Hospitalar do Oeste

Diretora
Dra. Sara Marisa Diogo Santos
Assessores
Dr. Wildemar Costa
Dra. Ana Cristina Rodrigues Marques

Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte

Diretor
Prof. Doutor José António Lopes
Assessores
Prof. Dr. André Graça
Prof. Dr. Augusto Ministro
Dr. Carlos José Cordeiro Lopes

Centro Hospitalar Médio Tejo

Diretor
Dr. João Leiria

Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa

Diretor
Dr. Rui Durval
Assessores
Dr. Fernando Vieira
Dra. Maria João Avelino
Dra. Sofia Gomes

Coordenação de Internato Médico de MGF

Coordenadora
Dra. Cecilia Shinn
Diretores de Internato Médico (DIM)
Dra. Inês Maio (assessoria)
Dra. Matilde padrão (assessoria)
Dra. Joana Oliveira (DIM MGF Almada-Seixal)
Dra. Ana Ferreira (DIM MGF Almada-Seixal)
Dra. Maria João Queiroz (DIM MGF Amadora)
Dra. Teresa Antunes (DIM MGF Arco Ribeirinho)
Dra. Ana Sustelo (DIM MGF Arrábida)
Dra. Ana Dantas (DIM MGF Cascais)
Dra. Joana Mara Bessa (DIM MGF Estuário do Tejo)
Dra. Cristina Nobre (DIM MGF Lezíria)
Dra. Helena Lopes (DIM MGF Lisboa Central)
Dr. Carlos Silva Russo (DIM MGF Lisboa Ocidental e Oeiras)
Dra. Ria Sebastião (DIM MGF Lisboa Norte)
Dr. Hugo Gaspar (DIM MGF Loures-Odivelas)
Dra. Vanda Sousa (DIM MGF Médio Tejo)
Dr. Licínio Fialho (DIM MGF Oeste Norte)
Dr. Nelson Milagre (DIM MGF Oeste Sul)
Dr. António Moeda (DIM MGF Sintra)
Dra. Susana Medeiro (DIM MGF Sintra)

Coordenação de Internato Médico de Saúde Pública

Diretor
Dr. Hugo Esteves

Hospital Beatriz Ângelo

Diretor
Dr. António Martins Baptista
Assessores
Dra. Fernanda Melo
Dra. Rita Garrido

Hospital CUF Descobertas

Diretor
Dr. João Paulo Farias

Hospital CUF Infante Santo

Diretora
Dra. Inês Vaz Pinto
Assessora
Dra. Ana Rafaela Prado

Hospital dos Lusíadas

Diretora
Dra. Helena Cantante

Hospital das Forças Armadas

Diretor
Dr. Henrique Sousa

Hospital da Luz

Diretora
Dra. Alexandra Bayão Horta
Assessor
Dr. Francisco Tavares de Castro

Hospital de Cascais

Diretor
Dr. Fernando José Pita
Assessora
Dra. Ana Rafaela Prado

Hospital de Santarém

Diretora
Dra. Rita Paulos

Hospital Fernando Fonseca

Diretor
Dra. Catarina Luis
Assessores
Dra. Ana Sofia Ramalheira
Dra. Catarina Pinto de Matos
Dra. Catarina Ribeiro Luís
Dr. Leonel Barbosa

Hospital Garcia de Orta

Diretora
Dra. Ana Gloria Fonseca
Assessores
Dr. João Franco
Dra. Ana Filipa Santos

Hospital Vila Franca de Xira

Diretora
Dra. Paula Rosa

Instituto Português de Reumatologia

Diretora
Dra. Eugénia Simões

Instituto de Medicina Legal

Diretor
Dra. Catarina Gomes

Instituto de Oftalmologia Dr. Gama Pinto

Diretora
Dra Conceicao Ornelas

Hospital de Sant’Ana

Diretor
Dr. Francisco Guerra Pinto

Fundação Champalimaud

Diretora
Dra. Maria Batarda

Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil

Diretora
Profª. Dra. Isabel Fonseca

Sporting Clube de Portugal

Diretora
Dr. Nuno Loureiro

ARSLVT, I.P.

Diretora
Dra. Helena Cargaleiro

Composição da Comissão de Internos da ARSLVT

Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão

Elementos efectivos Dr. Ricardo Dinis Sousa

Centro Hospitalar Barreiro Montijo

Elementos efectivos

Dra. Inês Ferreira Maia
Dr. José Pedro Osório de Sousa Faria
Dra. Mariana Silva Santos
Dra. Rita Paiva Vilar Queirós
Dra. Cláudia Joana Silva de Almeida Pinto

Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central

Elementos efectivos
Dra. Marta Leal Santos
Dra. Inês Figueiredo de Barros
Dra Inês Urmal
Dra. Sara Amaral
Dr. David Gomes
Dra. Juliana Damas
Dr. João Caria
Dra. Ana Catarina Gonçalves

Elementos suplentes
Dra. Inês Rocha
Dra. Andreia Amaral
Dra. Isabel Rocha
Dra. Joana Cabrita
Dr. Nuno Rosa Leiria Representante IFG
Dr. Torcato Marques
Dr. David Gomes Representante IFG

Centro Hospitalar Lisboa Ocidental

Elementos efectivos
Dra. Maria Inês Neri
Dra. Rita Assis Rbeiro
Dr. Pedro Pires
Dr. Santiago Manica
Dr. João Luis Silva
Dr. Diogo Rodrigues
Dra. Ana Vasques

Elementos suplentes
Dr. Fausto Pinto
Dra. Catarina O’neil
Dra. Beatriz Chambino
Dra. Ana Palmeiro
Dra. Joana Granado
Dr. Sergio Maltes

Centro Hospitalar de Setúbal

Elementos efectivos
Dra. Inês Costa Santos
Elementos suplentes
Nota: Serão realizadas brevemente novas eleições para eleger a nova comissão de internos

Centro Hospitalar do Oeste

Elementos efectivos
Dra. Carina Maria Rôlo Silvestre
Dr.ª Maria Inês Portela Neri
Dra. Joana Luisa da Silva Carneiro 
Dra. Ana Rita Castro Félix
Dra. Rita Marques de Sá Camarneiro

Elementos suplentes
[
Brevemente]

Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte

Elementos efectivos
Dra. Carina Maria Rôlo Silvestre
Dra. Mariana Alves
Dra. Marina Gato
Dr. Pedro Benjamim
Dra. Catarina Jacinto Correia
Dra. Inês Lopes Costa

Elementos suplentes
Dra. Filipa Sousa Gonçalves
Dra. Maria José Pires
Dra. Francisca Sarmento
Dra. Cristina Noronha Jardim
Dra. Inês Ferreira Pinto
Dra. Ângela Gonçalves Pinto
Dra. Ana Sofia Dória e Silva Lopes
Dra. Maria João Samúdio
Dra. Sara Graterol 

Centro Hospitalar Médio Tejo

Elementos efectivos
Dra. Raquel Sofia Robalo Lalanda
Dra. Ana Bárbara Barroso Matos
Dra. Cátia Sofia Carmo Gorgulho

Elementos suplentes
Dra. Diana Callebaut Mendes Ramalho Santos
Dra. Marta Constança Pereira de Oliveira
Dr. Rita Catarina Sousa Figueira

Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa

Elementos efectivos
Drª Carolina Andreia Castro Lopes
Dr.ª Miriam Garrido Marguilho
Dr.ª Inês Matos Pereira
Dr.ª Ana Carolina Alves Rodrigues

Elementos suplentes
[Brevemente]

Coordenação de Internato Médico de MGF

Elementos efectivos
Dra. Ana Filipa Ribeiro
Dra. Catarina Cunha
Dra. Catarina Portugal Gaspar
Dra. Catarina Ramos
Dr. Décio Sousa

Elementos suplentes
Dra. Inês Caetano
Dra. Mariana Cravo
Dr. Paulo Lucas
Dr. Ricardo José Brás
Dra. Rita Lourenço Rosa

Coordenação de Internato Médico de Saúde Pública

Elementos efectivos
Dra. Inês Subtil 
Dra. Joana Maia 
Dra. Patrícia Pita Ferreira 
Dra. Raquel Vareda 
Dra. Sofia Carmezim Pereira 

Elementos suplentes
Dr. José Pedro Teixeira 
Dr. Rafael Vasconcelos 

Hospital Beatriz Ângelo

Elementos efectivos
Dr. David Prescott
Dr. Gustavo Silva (IFG)
Dra. Isabel Araújo

Elementos suplentes
[Brevemente]

Hospital CUF Descobertas

Elementos efectivos
Dra. Catarina Alves Vale
Dra. Inês Figueiredo
Dr. Miguel Paiva Pereira

Elementos suplentes
[Brevemente]

Hospital CUF Tejo

Elementos efectivos
Dra. Ana Campos

Elementos suplentes
[Brevemente]

Hospital dos Lusíadas

Elementos efectivos
[Brevemente]

Elementos suplentes
[Brevemente]

Hospital da Luz

Elementos efectivos
Dra. Margarida Nascimento
Dr. Tiago Neto Gonçalves
Dr. Bruno Martins

Elementos suplentes
[Brevemente]

Hospital de Cascais

Elementos efectivos
Dr. Sérgio Manuel Ferreira Cristina
Dr.ª Estela Maria de Gouveia Kakoo Brioso
Drª Ana Patrícia do Carmo Gorgulho
Drª Tatiana de Paiva Melo Oliveira
Drª Mariana Costa e Silva Sena Brízido

Elementos suplentes
[Brevemente]

Instituto Português de Reumatologia

Elementos efectivos
[Brevemente]

Elementos suplentes
[Brevemente]

Instituto de Medicina Legal

Elementos efectivos
[Brevemente]

Elementos suplentes
[Brevemente]

Instituto de Oftalmologia Dr. Gama Pinto

Elementos efectivos
Dr. Miguel Leitão 

Elementos suplentes
[Brevemente]

Hospital de Santarém

Elementos efectivos
Dra Francisca Lobo
Dr Filipe Rodrigues
Dra Filipa Sutre
Dr Bruno Castilho
Dra Marta Morais (IFG)

Elementos suplentes
[Brevemente]

Hospital Fernando Fonseca

Elementos efectivos
Dra. Filipa Figueiredo
Dra. Daniela Madeira
Dr. António Barcelos
Dr. Daniel Santos
Dra. Francisca Galhardo

Elementos suplentes
Dr. João Valente ( IFG)

Hospital Garcia de Orta

Elementos efectivos
Dr. Bruno Gonçalves de Sousa
Dra. Briggita Cismasiu
Dra. Joana Simões 
Dr. Fausto Silva 

Elementos suplentes
[Brevemente]

Hospital Vila Franca de Xira

Elementos efectivos
Dra. Ana Isabel Oliveira
Dra. Joana Tavares Pereira
Dr. João Aidos
Dr. Pedro Bizarro
Dr. Tiago Ferro

Elementos suplentes
[Brevemente]

Hospital de Sant’Ana

Elementos efectivos
Dr. André Miguel Soares Ferreira

Elementos suplentes
[Brevemente]

Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil

Elementos efectivos
Dr. João Maria Caldeira Ribeiro de Castro Nunes
Dra. Inês Canotilho Grácio Salgado
Dra. Sara Luísa Gomes Magno

Elementos suplentes
[Brevemente]

ARSLVT, I.P.

Diretora
Cecília Shinn

Consulte a legislação relevante:

Regime do Internato Médico

Define o regime jurídico da formação médica pós-graduada, designada de internato médico, e estabelece os princípios gerais a que deve obedecer o respetivo processo.

Regulamento do Internato Médico

Aprova o Regulamento do Internato Médico. Revoga a Portaria n.º 224-B/2015, de 29 de julho.

Regulamento dos Internos Doutorandos

Aprova o Regulamento dos Internos Doutorandos.

Altera o Regulamento dos Internos Doutorandos aprovado pela Portaria n.º 172/2008, de 15 de Fevereiro.

Consulte a legislação relevante:

Anatomia Patológica

Anestesiologia

Angiologia e Cirurgia vascular

Cardiologia Pediátrica

Cardiologia

Cirurgia plástica, estética e reconstrutiva

Cirurgia Maxilofacial

Cirurgia Cardiotoráxica

Cirurgia Geral

Cirurgia Pediátrica

Cirurgia Cardíaca

Cirurgia Toráxica

Dermatovenereologia

Endocrinologia/Nutrição

Estomatologia

Farmacologia Clínica

Gastrenterologia

Genética Médica

Ginecologia/Obstetrícia

Infeciologia

Medicina Geral e Familiar

Medicina Nuclear

Medicina Desportiva

Medicina Intensiva

Medicina Interna

Medicina do Trabalho

Medicina Física e de Reabilitação

Medicina Legal

Nefrologia

Neurocirurgia

Neurologia

Neurorradiologia

Oftalmologia

Oncologia Médica

Ortopedia

Otorrinolaringologia

Patologia Clínica

Pediatria

Pneumologia

Psiquiatria da Infância e da Adolescência

Psiquiatria

Radiologia

Radioterapia

Reumatologia

Saúde Pública

Urologia

Avaliação Final – Acesso a dados de saúde – Parecer ACSS

Orientadores desvinculados – Parecer ACSS

Rescisão/Desvinculação Contratual

Estágios PALOPS

Internato Médico e Serviço de Urgência

Mudança de Escalão Médicos Internos

Equivalências a blocos formativos

Programa Intensivo de Formação

Consulte as Perguntas Frequentes que a ACSS disponibiliza no seu portal

Funcionamento

Artigo 9.º da Portaria n.º 79/2018

  • A comissão executiva da CRIM reúne, pelo menos, quinzenalmente, e em plenário semestralmente;
  • A comissão executiva reúne junto da respetiva ARS, I. P., ou do organismo da R.A., sem prejuízo de reunir noutros locais, sempre que se tal se mostre conveniente;
  • Nas reuniões da CRIM podem participar outros profissionais ou entidades a convite do seu presidente ou mediante solicitação a este dirigida;
  • A CRIM funciona com apoio administrativo e jurídico prestado pela respetiva ARS, I. P., ou por organismo da R.A., em articulação com as entidades de apoio jurídico e administrativo a nível nacional, asseguradas pela ACSS, I. P.;
  • Cada CRIM aprova o seu regulamento interno, o qual é enviado para o CNIM para ratificação. 

Reuniões 2022

13 e 27 Janeiro | 10 e 24 de Fevereiro | 10 e 24 de Março
07 e 21 de Abril | 05 e 19 de Maio | 02 e 23 de Junho 
07 e 21 de Julho | 04 e 18 de Agosto | 01 e 22 Setembro
06 e 20 de Outubro | 03 e 17 de Novembro | 15 de Dezembro

Comissão Regional do Internato Médico
Av. Estados Unidos da América 77 – 1º, 1749-096 Lisboa
Celeste Oliveira – Secretariado
Tel: +351 21 842 48 00 | Ext. 301437  | crim@arslvt.min-saude.pt 

Voltar
RSE - Area Cidadão