CHULC divulga vídeo para celebrar Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e Desenvolvimento

Chulcentral 1 690 400
25 Maio 2020

 

Celebrou-se, na semana passada, o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e Desenvolvimento. No Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, a ediçâo de 2020 foi assinalada com um vídeo produzido pela Comissão da Diversidade e Inclusão.

Veja o vídeo aqui

Eis a mensagem do CHULC: 


O CHULC recebe nas três urgências (Geral e Polivalente - HSJ; Pediátrica – HDE; Ginecológica e Obstétrica - MAC) a maior população migrante residente em Portugal, sobretudo, oriunda do Nepal e do Bangladesh, e que está concentrada essencialmente em Lisboa, na zona da Almirante Reis, na freguesia de Arroios.

É, por isso, prioridade deste Centro Hospitalar a implementação de práticas inclusivas e a criação de instrumentos que permitam melhor receber e cuidar de quem nos procura. Mecanismos que respeitem a diversidade, no âmbito das suas especificidades culturais, espirituais e religiosas, sociais e politicas e promovendo sempre, ao mesmo tempo, a segurança dos cuidados, de cidadãos e profissionais.

Desse modo, há um ano, foi nomeada pelo Conselho de Administração, a Comissão da Diversidade e Inclusão, que integra um grupo multidisciplinar de profissionais do CHULC, quem tem colaborado com entidades externas, entre elas, o Alto Comissariado para as Migrações, o Departamento de Saúde Pública do Centro Nacional de Apoio a Integração de Migrantes de Lisboa da ARS LVT/DSP, o ACES de Lisboa Central e a Fundação AGA-KHAN.

No contexto atual de pandemia, o contributo prestado por estas organizações, bem como pela Organização Internacional para as Migrações tem sido determinante, principalmente na disponibilização de informação útil, em documentos traduzidos em 10 línguas, disponibilizada aos colaboradores do CHULC, que se confrontam diariamente com o cidadão migrante que acede a cuidados de saúde no CHULC.

Em maio de 2018, o CHULC foi a primeira organização hospitalar pública a assinar a Carta Portuguesa para a Diversidade.