Grávidas voltam a ter acompanhantes no Bloco de Partos do Hospital de Santa Maria

Transferir 1 690 400
09 Abril 2020

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte volta a permitir, a partir de hoje, que as grávidas tenham um acompanhante durante o parto e nas duas horas seguintes ao nascimento do bebé, desde que a grávida seja SARS-Cov2 negativa e o acompanhante não tenha sintomas sugestivos de Covid-19.

Com a introdução de colheitas sistemáticas do novo Coronavírus em grávidas e o reforço geral de utilização de máscaras cirúrgicas, o Departamento de Obstetrícia,Ginecologia e Medicina da Reprodução do CHULN decidiu levantar a suspensão da presença de acompanhantes no Bloco de Partos do Hospital de Santa Maria, tomada há duas semanas.

Agora, a pensar nos enormes benefícios para as grávidas nesse momento único, esse direito é reposto, desde que sejam cumpridas normas de segurança, nomeadamente:

- O acompanhante deve desinfetar as mãos com solução alcoólica, colocar máscara cirúrgica e desinfetar novamente as mãos depois de colocar a máscara e também antes de tocar no recém-nascido;
- a distância de 1,5 metros dos profissionais de saúde deve ser mantida;
- e só poderá entrar uma vez no Bloco de Partos – querendo sair, não poderá voltar a entrar.