ARSLVT repudia atos de violência

Arslvt 1 690 400 1 690 400
02 Janeiro 2020

 

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) confirma a agressão ocorrida a um dos seus médicos na tarde de 31 de dezembro 2019, no Atendimento Complementar (AC) do Centro de Saúde de Moscavide.

A ARSLVT repudia veementemente este e todos os atos de violência perpetrados contra profissionais de saúde. Qualquer ato de violência é condenável, pelo que agressões em centros de saúde e hospitais motivam especial preocupação pelo facto de as vítimas serem profissionais que todos os dias dão o seu melhor pela saúde e bem-estar dos utentes.

No âmbito das suas competências, a ARSLVT tem prestado e vai continuar a prestar todo o apoio e solidariedade necessários aos seus profissionais vítimas de agressão, pugnando sempre para que a violência nas unidades de saúde não aconteça.