Delegações Estrangeiras visitam as Equipas da DICAD da ARSLVT

Fechado 1 690 400
13 Agosto 2019

A par do trabalho desenvolvido no âmbito mais estrito das funções de intervenção especializada em Comportamentos Aditivos e Dependências (CAD) que lhes estão atribuídas, as equipas das UIL da DICAD/ ARSLVT, e a equipa de coordenação, manifestam, através dos anos, de forma sistemática, uma atitude de colaboração interinstitucional, a nível nacional e internacional, concretizada no acolhimento de visitas de delegações e grupos de diversas índoles que contactam os nossos serviços ou que nos são referenciadas, para conhecimento do trabalho desenvolvido.

Esta atividade é uma oportunidade não só de promoção e divulgação de boas práticas em matéria de CAD junto de outras entidades parceiras, profissionais, países e organizações internacionais, como tem sido também uma oportunidade de aprendizagem e de troca de experiências por parte dos profissionais das próprias equipas da DICAD que, de forma incansável, se têm demonstrado sensíveis e interessados a todas as solicitações que lhes chegam neste âmbito.

Grande parte das solicitações é enviada pelo departamento de Relações Internacionais do SICAD – Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, demonstrando os participantes grande interesse no modelo português, em particular no que se refere à implementação da Lei da Descriminalização, e em termos das respostas das equipas com serviços de porta aberta (como é o caso das as Equipas Técnicas Especializadas de Tratamento, da DICAD da ARSLVT).

Um número considerável de pedidos chega-nos também diretamente da parte de profissionais que visitam o nosso país no âmbito de Congressos e Conferências, aproveitando para conhecer o trabalho desenvolvido pelas nossas Equipas, bem como o trabalho desenvolvido por IPSS e ONG’s na área dos CAD.

 

Com efeito, nesta data, somam-se já mais de 20 visitas acolhidas em 2019, das quais aqui destacamos algumas do último trimestre:

16 de maio:

O CRI de Lisboa Oriental, na pessoa de Pedro Catita, recebeu a visita de uma delegação da ONG americana Fair and Just Prosecution; tratou-se da visita de uma Procuradora Pública americana que já tinha estado na Equipa de Tratamento de Xabregas em novembro 2018, tendo manifestado interesse em voltar a realizar nova visita em maio com um novo grupo;

22 maio:

 

A Unidade de Alcoologia de Lisboa, recebeu a visita de uma Delegação de 4 peritos/técnicos do Ponto Focal da República Checa, tendo sido acolhidos por Ana Vieira da Silva Coordenadora daquela Unidade, e por Francisco Henriques, Médico Psiquiatra; o grupo estava interessado em conhecer a politica portuguesa, as suas estrutura de coordenação e de terreno, bem como obter informação sobre as atividades de promoção de saúde pública no SNS.

O grupo foi também recebido por Joaquim Fonseca, Coordenador da DICAD, e por Marta Borges, Responsável pela Área de Intervenção de RRMD na DICAD;

30 maio:

Catherine Byrne, Ministra de Estado da Irlanda, responsável pela Promoção da Saúde e pela Estratégia Nacional em matéria de Drogas, teve oportunidade de visitar a Unidade de Desabituação – Centro das Taipas, tendo sido recebida por Laura Silveira, Vogal do CD da ARSLVT,  Joaquim Fonseca, Coordenador Regional da DICAD, e por Miguel Vasconcelos, Coordenador da UD – Centro das Taipas.

Presente em Portugal para um encontro bilateral com a Secretária de Estado da Saúde, Raquel Duarte, que teve lugar à margem de uma reunião da Comissão de Estupefacientes das Nações Unidas, a Ministra Irlandesa manifestara interesse em recolher informação detalhada sobre a política portuguesa em matéria de comportamentos aditivos e dependências, designadamente a implementação da Lei da Descriminalização e os resultados alcançados desde 2001.

Assim, em resposta a uma solicitação do Departamento de Relações Internacionais do SICAD, a DICAD da ARSLVT, acolheu a sua visita naquela sua Unidade de Intervenção Local.

4 junho:

O CRI de Lisboa Oriental, designadamente Pedro Catita, seu Coordenador, recebeu a visita de uma delegação de 8 pessoas do Polish Drug Policy Network. Esta delegação, composta por policy makers, peritos e representantes do Ministério da Saúde, veio a Lisboa nos dias 3 e 4 de maio com o objetivo de conhecer a politica portuguesa, com enfoque nas medidas de redução de danos e tratamento;

11 de junho:

A responsável da Área de Intervenção de Redução de Riscos e Minimização de Danos (RRMD) na equipa de coordenação da DICAD, Marta Borges, recebeu um grupo de 22 estudantes de diversos Cursos das área Sociais e Humanas daLiberty University – EUA; o objectivo deste grupo foi conhecer melhor a política na área dos CAD, os efeitos da descriminalização, e aproximações inovadoras no trabalho dos serviços com intervenção em CAD;

17 julho:

Uma delegação da Bielorrússia, composta por decisores políticos, representantes ministeriais, peritos e ONG’s visitou Lisboa nos dias 15 a 18 de julho com o objetivo de conhecer a politica portuguesa em matéria de comportamentos aditivos, mais conhecida pelo Modelo Português. Nesse âmbito, teve oportunidade de visitar a Unidade de Desabituação – Centro das Taipas, tendo sido recebidos pelo seu Coordenador, Miguel Vasconcelos;

18 de julho:

Um grupo de estudantes Franceses, do 2.º ano de formação do curso de Serviço Social do Pôle d’Enseigement Supérier da Faculté d’Askoria – Les métiers des solidarités, realizou uma visita de observação ao CRI de Lisboa Oriental, sendo recebidos pelo seu Coordenador, Pedro Catita; o grupo teve ainda oportunidade de visitar a Comunidade Terapêutica do Restelo, tendo sido recebidos por Hélder Soares, Psicólogo naquela Unidade de Intervenção Local;

19 de julho:

Uma delegação do Uzbequistão, composta pelo Coordenador do National Centre for Drug Control e por um representante  do Ministério dos Negócios Estrangeiros que vieram a Lisboa conhecer a nossa política em matéria de CAD;

1 de agosto:

Uma delegação de representantes do Governo de Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos (Substance Misuse Disorder Management Committee) foi recebida na Unidade de Desabituação – Centro das Taipas, tendo a visita sido realizada pelo seu Coordenador, Miguel Vasconcelos; a delegação foi também recebida na Comunidade Terapêutica do Restelo, pela sua Coordenadora Cristina Mesquita, e por Rita Vieira, Assistente Social naquela Equipa. O interesse desta delegação nas visita aos serviços centrou-se na área do Tratamento, tendo demonstrado especial enfoque na área da Reinserção.