Assinatura de Protocolo Tripartido para “Casa de Acolhimento da Amigas do Peito”

Ln 1 690 400
17 Julho 2019

Realizou-se no dia 10 de julho, pelas 17h00, a assinatura do protocolo tripartido entre a Associação Amigas do Peito (AAP), Junta de Freguesia de Carnide e Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, do Bairro de Padre Cruz, no edifício da Junta de Freguesia de Carnide.

De acordo com as palavras de Emília Vieira, Presidente da Associação Amigas do Peito, “Tratou-se de um primeiro passo na concretização do projeto comum das três associações inseridas dentro do perímetro do CHULN, a Associação Amigas do Peito, a Liga dos Amigos do Hospital Pulido Valente e a Associação dos Amigos do Hospital de Santa Maria, o de encontrar um espaço para fazer um Centro de Acolhimento de apoio ao CHULN, à semelhança dos que existem no IPO e no Hospital de S. João.”

Este protocolo tem como principal objetivo encontrar um espaço que poderemos denominar “Casa de Acolhimento da Amigas do Peito”, que irá permitir acolher as/os doentes oncológicos, nomeadamente mulheres com cancro da mama em tratamento de quimioterapia, radioterapia e algumas situações em convalescença pós-operatória.

Apoiará doentes com residência distante de Lisboa, incluindo-se os países PALOP e que não tenham qualquer local para pernoitar, nomeadamente de familiares.

Os critérios de admissão serão analisados casuisticamente por solicitação escrita do próprio ou do seu legal representante. Os critérios de admissão serão analisados casuisticamente a solicitação escrita do próprio ou do seu legal representante. Os critérios de admissão serão analisados casuisticamente a solicitação escrita do próprio ou do seu legal representante.

Foram encetados diversos apelos públicos, nomeadamente à Câmara de Lisboa, na pessoa do seu Presidente, Fernando Medina, mas a resposta veio através da Junta de Freguesia de Carnide, que em parceria com a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, do Bairro de Padre Cruz, disponibilizou uma casa, no Bairro Padre Cruz, para a concretização deste projeto, a qual não tivemos possibilidade de recusar, tendo inclusive, já mecenas para a realização das obras, e para o fornecimento da mobília.

Esta casa, que irá acolher para já 4 pessoas, será assim, o primeiro passo para a concretização do projeto da existência de um Centro de Acolhimento, auto sustentável, de apoio ao CHULN na área das doenças oncológicas.

Paralelamente a este projeto, a AAP, continua a desenvolver o seu trabalho incansável e meritório de apoio às doentes com cancro da mama e irá organizar no dia 19 de outubro, Dia Internacional do Cancro da Mama, um Concerto de Angariação de Fundos, sugerido pela Embaixatriz de Cabo Verde, com um leque de artistas oriundos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa- CPLP.

No dia 30 de Outubro, Dia Nacional de Prevenção do Cancro da Mama, está prevista a inauguração oficial da Casa de Acolhimento. Estão também previstas a realização de duas exposições de pintura, na Galeria de Arte do Hospital de Santa Maria, em outubro de 2019 e em abril de 2020.