CHBM distinguido pela ERS

Banner 10 anos 1 690 400
12 Julho 2019

O Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) foi distinguido pela Entidade Reguladora da Saúde (ERS) com a classificação máxima de “Excelência Clínica” na Área de Cirurgia de Ambulatório, bem como nas dimensões de “Adequação e Conforto das Instalações”, “Focalização no Utente” e “Segurança do Doente” no Hospital de Nossa Senhora do Rosário; e nas dimensões de “Adequação e Conforto das Instalações” e “Focalização no Utente” no Hospital do Montijo.

Os resultados agora apresentados pela ERS correspondem à primeira avaliação de 2019 do módulo SINAS@Hospitais do Sistema Nacional de Avaliação em Saúde (SINAS), nas dimensões de Excelência Clínica, Segurança do Doente, Adequação e Conforto das Instalações, Focalização no Utente e Satisfação do Utente. A avaliação da dimensão de “Excelência Clínica” incidiu sobre episódios de internamento com alta entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2017. Relativamente às restantes dimensões, a informação foi recolhida e remetida à ERS entre agosto e dezembro de 2018. De referir que a dimensão “Satisfação dos Utentes” se encontra em fase de avaliação pela ERS, pelo que não há resultados a apresentar em nenhuma das Instituições avaliadas.

O SINAS é um sistema cuja participação dos prestadores de cuidados de saúde é voluntária. A avaliação e a classificação efetuadas processam-se em dois níveis. No primeiro, confirma-se o cumprimento dos critérios considerados essenciais para a prestação de cuidados de saúde com qualidade. A validação desse cumprimento permite ao prestador o acesso ao segundo nível de avaliação, no qual se processa a classificação em rating, para cada uma das áreas em avaliação, num de três níveis de qualidade (III, II ou I), conforme os prestadores estejam posicionados no nível de qualidade superior, no nível de qualidade intermédio ou no nível de qualidade de base.

Com o intuito de motivar a melhoria contínua, a ERS valida a informação submetida pelos prestadores através de um programa anual de auditorias aleatórias. No ano de 2018 realizou 64 auditorias, tendo o CHBM sido uma das Instituições selecionadas para auditoria.