ARSLVT e DGS firmam protocolo de colaboração para Iniciativa Mobilizadora da Paternidade Envolvida e Cuidadora

Pisco3 1 690 400
03 Julho 2019

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) e a Direção-Geral da Saúde (DGS), representadas pelos seus mais altos dirigentes assinaram um protocolo de colaboração "Iniciativa Mobilizadora da Paternidade Envolvida e Cuidadora (IMPEC)" que visa incrementar a participação e o apoio prestado aos homens, a par das mulheres, no domínio da autodeterminação em saúde reprodutiva e no exercício da parentalidade. Trata-se de um projeto-piloto para a Conciliação da Vida Profissional, Pessoal e Familiar.

Este projeto-piloto que vai iniciar no ACES Lisboa Ocidental e Oeiras visa a implementação da IMPEC no Serviço Nacional de Saúde, através da concretização de diversas iniciativas, mediante cooperação técnica, monitorização e avaliação das atividades e disseminação de conteúdos informativos respeitantes ao decorrer do processo, e tem por objetivo testar a aplicabilidade de um conjunto de princípios, eixos de intervenção e atividades que contribuam para que os serviços de saúde promovam a paternidade envolvida e cuidadora.

"Profissionais felizes e satisfeitos garantem, evidentemente, uma melhor prestação de cuidados de saúde aos cidadãos. A conciliação entre a vida pessoal e profissional é um imperativo. Estamos muito empenhados e certos de que este projeto-piloto que agora se inicia neste ACES será de futuro replicado a toda a região de Lisboa e Vale do Tejo", referiu Luís Pisco.

Rafic Nordin, Diretor Executivo do ACES Lisboa Ocidental e Oeiras, a propósito do Mês da Prevenção dos Maus Tratos a Crianças, aproveitou a ocasião para atribuir quatro prémios no âmbito do Concurso "Laço Azul", promovido pelos Núcleos de Apoio a Crianças e Jovens em Risco do ACES.