Estuário do Tejo promove “Cidade dos Afetos”

Rede 3 1 690 400
15 Fevereiro 2019

 

Considerando as conclusões de vários estudos, que comprovam que a existência de afeto na vida pessoal e profissional de cada um de nós é um indicador de mais saúde, a Unidade de Saúde Pública (USP) do ACES Estuário do Tejo promoveu, a 7 de fevereiro, uma reunião com representantes dos cinco municípios da área de intervenção do ACES para apresentação da “Cidade dos Afetos”.



A apresentação do projeto esteve a cargo de Mário Durval, Diretor do Departamento de Saúde Pública da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) e um dos principais promotores da “Cidade dos Afetos”, e restante equipa do projeto. Seguida-me lançou-se o desafio às autarquias para aderirem a esta rede através de uma carta de compromisso que contempla iniciativas que promovem os afetos na comunidade geral, mas sobretudo em contexto escolar.


Na reunião também estiveram representados alguns Agrupamentos de Escolas, bem como um grupo de alunos da Escola Secundária Gago Coutinho, de Alverca do Ribatejo, que apresentou uma representação alusiva ao tema do projeto.
 


Seguiu-se uma dinâmica de grupo, com os participantes a construírem uma rede de novelo vermelho que procurou passar a mensagem de que com atitudes, e não só com palavras, se cria uma rede de afetos.


A troca de abraços, sorrisos e muito afeto foi uma constante, bem como o compromisso de fazer crescer o movimento “Cidade dos Afetos”.