IPO Lisboa – 90 anos a investigar

Ipo 3d 1 690 400
03 Janeiro 2017

A investigação científica é uma marca do IPO de Lisboa desde a sua fundação, em 1923, até aos dias de hoje. Essa história e a dos seus protagonistas podem agora ser consultadas no livro «IPO Lisboa – 90 anos a investigar», da autoria do professor Edward Limbert. A obra será apresentada dia 9 de janeiro, às 13h30, no anfiteatro do IPO. 

Segunda-feira, 9 de janeiro, às 13h30, será apresentado o livro «IPO Lisboa – 90 anos a investigar», da autoria do professor Edward Limbert. A obra retrata os momentos mais marcantes da atividade científica no IPOLFG, desde a sua fundação, em 1923, até aos dias de hoje, e recorda os seus maiores protagonistas. A apresentação será feita por Paula Chaves, médica anatomopatologista e atual diretora do Centro de Investigação do IPO de Lisboa.
Como diz Edward Limbert, «a investigação científica tem sido uma atividade primordial do IPO. O seu fundador, o professor Francisco Gentil, teve sempre em mente que sem um componente investigativo não faria sentido um instituto para o estudo do cancro.»
Assim foi e assim continua a ser.


A ideia de escrever o livro «IPO Lisboa – 90 anos a investigar» surgiu na sequência da palestra apresentada por Edward Limbert na altura da celebração dos 90 anos do IPOLFG, em 2013. «Nessa apresentação, chamada ‘Um olhar sobre a investigação no Instituto’, muito ficou por dizer. Por isso, neste novo ‘olhar’ temos uma visão mais abrangente da investigação realizada nos vários serviços e laboratórios do IPO, a par de uma intensa atividade clínica, ao longo de nove décadas.»


No livro, Edward Limbert revisita o passado e o presente do Instituto, fala da investigação nos primeiros anos do IPO, dos principais núcleos de investigação, da investigação noutros serviços clínicos, em enfermagem e na área da administração hospitalar e termina com um capítulo dedicado à investigação desenvolvida nos últimos anos no Instituto. No presente, destacam-se os trabalhos desenvolvidos nas unidades de Investigação em Enfermagem, em Filosofia da Medicina, Banco de Tumores e nas unidades de Investigação Clínica e de Patologia Molecular, nomeadamente os grupos de investigação de patologia digestiva (esófago de Barret e patologia do cólon), de endocrinologia molecular e biologia tumoral e das terapêuticas anticancerosas (hematologia, citogenética de tumores sólidos, padrões morfológicos de doença e microambiente tumoral).


Este foi um trabalho que Edward Limbert abraçou com determinação e orgulho. Médico endocrinologista, professor universitário, ele próprio conciliou sempre a medicina, com a academia e com a investigação científica, num percurso que foi marcado pelo mérito e que teve como palco o IPO, para onde entrou em 1971 e onde foi chefe de serviço, diretor de serviço, diretor clínico e diretor. Na investigação, dedicou-se sobretudo à endocrinologia e à epidemiologia e ainda hoje continua a colaborar com o ROR- Sul.
O livro «IPO Lisboa - 90 anos a investigar» foi editado pela Livros Horizonte, tem prefácio de Luís Sobrinho (outro ilustre médico e investigador do IPO) e ilustrações dos Urban SKetchers Portugal. Publicação e distribuição IPOLFG.