Almargem do Bispo ganha nova Unidade de Saúde

Img 0036 1 690 400
28 Setembro 2016

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) firmou hoje, dia 28 de setembro a assinatura da minuta do Contrato Programa com a Câmara Municipal de Sintra para a construção da nova unidade de saúde de Almargem do Bispo.

A assinatura da minuta do Contrato-Programa teve lugar hoje, dia 28 de setembro, na Sociedade Recriativa Aruilense, em Almargem do Bispo, no concelho de Sintra, às 15h30, contando com a presença da Presidente do Conselho de Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Rosa Valente de Matos e do Presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta.

"Queremos ir mais além, estamos a trabalhar para que todos os cidadãos tenham médico de família atribuído, este é o caminho que estamos e vamos continuar a percorrer, sempre com o objetivo de melhorar os cuidados de saúde prestados", afirmou Rosa Valente de Matos.

Esta assinatura representa um passo decisivo para a concretização da parceria entre a ARSLVT e a Câmara Municipal de Sintra, promovendo uma alteração qualitativa e um melhoramento significativo das condições em que os cuidados de saúde primários são prestados à população de Almargem do Bispo, no Concelho de Sintra.

"Este é um investimento que vale a pena fazer, porque é feito para todos, feito para a comunidade no seu conjunto. A câmara tem o dever de responder ao que entende ser interesses relevantes da comunidade cuja responsabilidade tem a seu cargo. É por isso que hoje é um dia particularmente importante para todos, pois uma nova unidade de saúde vai ser construída aqui, em Almargem do Bispo, para melhorar a  prestação de cuidados de saúde prestados", afirmou Basílio Horta.

A construção deste novo equipamento irá beneficiar diretamente um total de 7.600 utentes.

A ARSLVT dá, assim, continuidade ao compromisso de melhorar a resposta assistencial aos seus 3,6 milhões de utentes. A missão da Instituição passa por garantir à população da Região Lisboa e Vale do Tejo o acesso à prestação de cuidados de saúde com qualidade, adequando os recursos disponíveis às necessidades em Saúde.