Obesidade: iniciativas com resultados positivos entre os jovens

Speo 1 1 690 400
28 Novembro 2018

 

Portugal está a atingir resultados positivos no combate à obesidade entre os jovens e é importante que essa realidade se expanda a outras faixas etárias. Esta foi a principal ideia transmitida por Luís Pisco, Presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), na sessão de abertura do 22º Congresso Português de Obesidade, que decorreu em Lisboa, a 23 de novembro.

Falando para os participantes de um evento promovido pela Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade (SPEO), Luís Pisco começou por recordar que Tedros Adhanom Ghebreyesus, Diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) escolheu Portugal para lançar o Plano Mundial de Promoção da Atividade Física e ficou muito bem impressionado com as iniciativas e panorama nacionais.

Da mesma forma, a participação de Portugal no estudo COSI também trouxe bons indícios no que toca à obesidade infantil: em 2016, a prevalência de excesso de peso infantil caiu para 30,7% e a obesidade baixou para 11,7%.

Segundo o responsável máximo da ARSLVT, para estes resultados têm contribuído o empenho dos profissionais do Serviço Nacional de Saúde (SNS), mas também o “trabalho desenvolvido com os municípios e as juntas de freguesia na implementação de iniciativas no âmbito da atividade física e alimentação saudável”.


Luís Pisco felicitou a organização do congresso pela longevidade do evento e pelos temas abordados, congratulando em especial o curso sobre obesidade para médicos de família. “É importante disponibilizar instrumentos e conhecimento para que os profissionais de saúde possam melhor combater esta pandemia”.

O 22º Congresso Português de Obesidade foi dedicado ao tema “Obesidade, um peso a reduzir!” e juntou especialistas da área no Hotel Tivoli Oriente, de 23 a 25 de novembro. Na sessão de abertura também participaram Paula Freitas, Presidente da SPEO, Bruno Sousa, da Ordem dos Nutricionistas, Cristina Caetano, Presidente da Associação Portuguesa dos Fisiologistas do Exercício, e António Albuquerque, Presidente do congresso.