ARSLVT assina protocolo para unidade móvel de consumo vigiado

Chuto 1 1 690 400
14 Novembro 2018

Os Paços do Concelho, em Lisboa, foram palco, a 8 de novembro, da assinatura do protocolo entre a Câmara Municipal de Lisboa (CML), a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) e o Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e Dependências (SICAD) que vai operacionalizar o consumo vigiado de substâncias psicoativas em unidade móvel. Uma solução pioneira em Portugal na área das Dependências em que a ARSLVT tem orgulho em participar.


Luís Pisco felicitou todos os intervenientes pela concretização do protocolo, passo decisivo para a implementação de uma iniciativa de louvar não só pelos benefícios que traz aos utilizadores de substâncias psicoativas, como à Saúde Pública da população de Lisboa.

O Presidente da ARSLVT transmitiu ainda o empenho dos colaboradores da ARSLVT para a prossecução deste protocolo.

O SICAD esteve representado por João Goulão e a CML por Manuel Grilo, Vereador do Pelouro dos Direitos Sociais e Educação.