Curso de Ética e Saúde Pública

Img 4245 1 690 400
12 Julho 2018

Numa realização tripartida, Comissão de Ética para a Saúde da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), Coordenações do Internato de Saúde Pública do Alentejo e LVT e do Departamento de Saúde Pública da ARSLVT, decorreu no passado dia 11 julho, nas salas de formação da ARSLVT, a segunda unidade do Curso de Ética e Saúde Pública. Este curso teve início com a primeira unidade no dia 19 abril, com apresentação de vários temas que incluíram o conceito de bioética e os seus métodos, confidencialidade, privacidade e consentimento.

Durante esta primeira unidade foram eleitos pelos participantes os temas a tratar nas unidades formativas seguintes, tendo sido lançado o desafio da exposição dos trabalhos ser concretizada pelos participantes na formação. 

Foram apresentados cinco trabalhos pelos binómios orientador-interno, com os temas participação social nas decisões em Saúde Pública, mutilação genital feminina, internamento compulsivo e notificação obrigatória. A reflexão/deliberação efectuada em sala foi muito participada tendo contado com a moderação de vários elementos da CES da ARSLVT.

Este dia contou ainda com a apresentação do tema ética e saúde pública, por António Faria Vaz, presidente da CES da ARSLVT e Ética na prevenção da saúde e prevenção da doença, e Bruno Heleno, da NOVA.

A ética da saúde pública é um tema emergente que transcende os problemas dos cuidados de saúde individuais, abarcando questões que se relacionam com os interesses coletivos, de segurança e saúde das populações.