Luís Pisco enaltece papel da Enfermagem no SNS

Foto hgo 1 690 400
08 Março 2018


“A valorização dos profissionais de Enfermagem é um propósito que vamos continuar a perseguir. Acreditamos que através dele podemos dar uma resposta mais eficiente aos utentes, contribuindo para a efetividade e sustentabilidade do SNS”. Esta foi a mensagem central da intervenção que Luís Pisco, Presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), proferiu na sessão de abertura do 1º Congresso “25 anos de Enfermagem do Hospital Garcia de Orta – Contextos e Desafios”. O evento a decorrer hoje e amanhã no auditório do Instituto da Qualidade, em Almada.

Ainda segundo o responsável máximo da ARSLVT, “devido ao papel que desempenham, à sua formação e ao respeito que têm granjeado, os enfermeiros contribuem decisivamente para colocar o utente no centro do sistema, para uma melhor literacia em saúde, para a utilização de avanços tecnológicos que melhorem processos e promovam a integração dos cuidados” – temas centrais do congresso.

Por isso, “são eventos como este que permitem consolidar formas abrangentes do cuidar. São eventos como este que fazem germinar ideias inovadoras de pensar e exercer a Enfermagem, sempre em prol de um SNS ao serviço do cidadão”.

 

A sessão de abertura contou ainda com a presença de Luís Barreira, Vice-presidente da Ordem dos Enfermeiros, Inês de Medeiros, Presidente da Câmara Municipal de Almada, Manuela Calado, Vereadora da Câmara Municipal do Seixal, Daniel Ferro, Presidente do Conselho de Administração do Hospital Garcia de Orta (HGO), Odília Neves, Enf.ª Diretora do HGO e Luís Amaro, Diretor Executivo do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Almada-Seixal.