ACES de Sintra recebe os 21 novos médicos

1 1 690 400
10 Novembro 2017

No dia  9 de novembro no Hotel Arribas – Praia Grande, teve lugar a receção aos 21 novos Médicos Especialistas em Medicina Geral e Família que entraram no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Sintra, por escolha em concurso ou por mobilidade, desde o início outubro.

A receção contou com a presença de Nuno Venade em representação do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) e com o apoio da Câmara Municipal de Sintra (CMS), que se fez representar pelo Vereador, Eduardo Quinta Nova, a Diretora do Aces, Ana Andrade e a Presidente do Conselho Clínico e de Saúde, Maria João Barrau.

Nuno Venade aproveitou a ocasião para referir que "para além dos novos centros de saúde de raíz, há também um conjunto de outros investimentos que estão a ser feitos noutros centros de saúde, tanto por parte da CMS, como pela parte da ARSLVT, que aqui tem feito um enorme esforço de investimento."

Eduardo Quintanova fez questão de sublinhar que "o município de Sintra está muito empenhado em garantir uma eficaz acessibilidade aos cuidados de saúde à população, com melhores condições, quer para os utentes, quer para os profissionais. Eduardo Quintanova concluiu dizendo que "um município que aposta na saúde, é um município que perspetiva o futuro". 

Estiveram também presentes, para além dos novos médicos, os coordenadores das unidades assim como alguns dos médicos internos integrados no ACES.

O evento enquadrou-se nas atividades do Projeto “Sintra + Saúde/Atividades para Idosos” que decorre durante esta semana no Hotel Arribas por iniciativa da CMS, proporcionando um momento de convívio intergeracional, que promoveu o contacto entre os novos médicos e a população do concelho.

A receção contou ainda com a apresentação de alguns dos projetos mais relevantes a decorrer no ACES, tais como: Novas USFs, “Projeto Saúde Respiratória”, “ Projeto Sintra + Ativa”, “Cuidados Paliativos”, “Passo em Frente - Feridas Complexas”, entre outros, possibilitando assim mais um momento de promoção da integração dos novos colegas.

 

Importa realçar que estes 21 médicos vêm dar seguimento ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela ARSLVT na área da formação pós-graduada técnico-científica, no reforço das equipas e na melhoria contínua da resposta assistencial da região.

Depoimentos:

"Sou Sara Magalhães, fiz o internato no ACES Sintra, na USF AlphaMouro, e decidi a convite da USF, ficar por cá. Espero que o futuro me permita continuar a prestar cuidados de saúde de qualidade às pessoas. Esta é uma população como muitas particularidades e por isso muito desafiadora, tanto a nível pessoal como profissional."

 

"Sou André Teófilo, fiz a minha formação em Coimbra e o internato em Condeixa-a-Nova, na USF Fernando Namora. Como este concurso teve poucas vagas para a zona centro do país, resolvi optar por uma zona diferente, desta feita a ARS de Lisboa. Vim visitar a região, algumas unidades de saúde, falei com alguns colegas que já cá estão a trabalhar e fiquei convencido. Das várias visitas que fiz, percebi que o ACES Sintra era um óptimo desafio, com imenso potencial quer em termos de equipas de trabalho, quer em termos de infraestruturas que foram e vão ser construídas. Tenho como objetivo ficar a trabalhar na região de Lisboa e Vale do Tejo, na USF de S. Marcos, onde estou atualmente."