ARSLVT aposta na modernização dos cuidados de saúde primários no concelho de Cascais

Img 6028 1 690 400

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) e a Câmara Municipal de Cascais (CMC) firmaram esta semana a assinatura de um protocolo com vista à modernização dos cuidados de saúde primários no município. A cerimónia contou com a presença da presidente da ARSLVT, Rosa Valente de Matos, e do presidente da CMC, Carlos Carreiras.


O presente protocolo permite reforçar os cuidados de saúde primários na área geográfica do Município de Cascais e adequar as infraestruturas existentes às necessidades da população.

Este protocolo tem por objeto estabelecer as condições de cooperação entre a ARSLVT e o Município, com vista à construção e requalificação das Infraestruturas e Equipamentos de Cuidados de Saúde Primários do Concelho de Cascais, entre 2017 e 2020, a saber:

  • Instalações provisórias para a Equipa de Tratamento (ET) da Parede, do Eixo Oeiras/Cascais do CRI de Lisboa Ocidental até a abertura do novo Pólo de Saúde de Carcavelos;
  • Ampliação da USF de Carcavelos até à construção do novo Pólo de Saúde de Carcavelos;
  • Ampliação do Centro de Saúde de S. Domingos de Rana para a criação de uma nova USF;
  • Construção do novo Pólo de Saúde de Carcavelos;
  • USF de Carcavelos;
  • ET da Parede, do Eixo Oeiras/Cascais do Centro de Respostas Integradas de Lisboa Ocidental;
  • Serviço de Pedopsiquiatria do Centro Hospitalar Lisboa Ocidental;
  • Construção da nova Unidade de Saúde de Cascais

Para Rosa Valente de Matos, a assinatura deste protocolo "representa um importante passo para a melhoria dos serviços prestados aos utentes, contribuindo assim para a modernização das infraestruturas de saúde e permitindo dar uma melhor e mais eficiente resposta aos cidadãos do concelho de Cascais". A presidente da ARSLVT adiantou ainda que "este investimento conjunto permitirá requalificar as condições de funcionamento das unidades de saúde do concelho e aumentar assim a capacidade de atração de novos profissionais para o ACES de Cascais".

A ARSLVT, em parceria com a Câmara Municipal de Cascais, dá, assim, continuidade ao compromisso de melhorar a resposta assistencial à população. A missão desta Instituição passar por garantir, aos seus 3,6 milhões de utentes, o acesso à prestação de cuidados de saúde de qualidade, adequando os recursos disponíveis às necessidades em saúde.


 

Veja a reportagem AQUI