Assinatura do Contrato-Programa para a requalificação da Unidade de Saúde da Ventosa

Img 2686 1 690 400
14 Fevereiro 2017

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) e a Câmara Municipal de Torres Vedras, em parceria, celebraram no dia 14 de fevereiro, a assinatura da minuta do contrato-programa para a instalação e funcionamento da Unidade de Saúde de São Mamede da Ventosa. O investimento global será cerca de 606 mil euros.


Considerando o aumento das necessidades, reconhecidamente sentidas pelos utentes na área geográfica do Município de Torres Vedras e a desadequação da infraestrutura existente na freguesia da Ventosa e da necessidade de melhorar as condições em que os cuidados de saúde são prestados à população desta freguesia, a assinatura desta minuta representa um importante passo para a melhoria dos serviços prestados aos utentes, contribuindo assim para a modernização das infraestruturas de saúde e permitindo dar uma melhor e mais eficiente resposta aos seus 5.200 utentes.

No futuro esta Unidade de Saúde irá permitir a constituição de uma USF, que servirá um total de 12.000 utentes, residentes das freguesias de S. Pedro da Cadeira, Freiria e Ventosa.

A cerimónia contou com a presença do Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, a presença do Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, e a Presidente da ARSLVT, Rosa Valente de Matos.

O ACES Oeste Sul tem em funcionamento 8 Unidades de Saúde Familiar (USF), 6 Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP), 5 Unidades de Cuidados na Comunidade (UCC), 1 Unidade de Saúde Pública (USP) e uma Unidade de Recursos Assistenciais Partilhados (URAP).

O ACES Oeste Sul desenvolve atividades de vigilância epidemiológica, investigação em saúde, controlo e avaliação dos resultados e participa na formação de diversos grupos profissionais nas suas diferentes fases, pré-graduada, pós-graduada e contínua.